Pedidos de oração

“Eu preciso que Deus me ajude a esquecer”

Quênia

O presidente da União Cristã da Universidade de Garissa, que sobreviveu ao ataque do Al-Shabaab em 2 de abril de 2015, quando 147 estudantes morreram, pede oração pela cura física e psicológica dos sobreviventes. "Muitos viram cenas horríveis demais para descrever. Peço que orem por mim também, preciso de paz de espírito, força e sabedoria”, diz Frederick Gitonga de 21 anos. Ele explica que ficou acordado até tarde na noite anterior ao ataque, orando por um dos alunos sob seu cuidado. A única razão pela qual ainda está vivo é porque ele se sentiu muito cansado para participar das orações matinais. Então, ele decidiu voltar a dormir e acabou acordando ao som de tiros.

O cristão conseguiu se esconder. Ele compartilha como dois extremistas entraram em seu quarto: "Sentaram nas camas, carregaram as armas e depois dispararam contra as paredes para testá-las antes de retomar aos assassinatos. Fiquei lá por muito tempo - não sei por quanto exatamente - mas fui eventualmente resgatado por um oficial da Força de Defesa do Quênia”. O jovem conta que se você fosse um muçulmano, sua vida estaria salva. Você só precisava recitar algo como uma parte do Alcorão e então você ouviria: “Você é nosso irmão, pode ir”. Frederick ainda se indaga sobre as perdas: “Algumas vezes eu não consigo imaginar. Isso não é verdade. Como pode acontecer com uma pessoa que conheço...? Elas estão mortas?”, pergunta ele.

Apesar de tudo, o jovem sabe que não está sozinho e que as orações dos cristãos ao redor do mundo têm permitido que ele permaneça firme: “Alguns me dizem ‘você está muito forte’, mas eu digo que se não fossem as suas orações eu não teria chegado tão longe. Eu teria desmoronado no mesmo dia, mas porque a graça de Deus é suficiente, vamos continuar nos segurando uns aos outros como um só corpo”. Ele louva a Deus também pela vida dos sobreviventes, muitos viveram verdadeiros milagres naquele dia. No entanto, boa parte se encontra traumatizada e necessitada de muita oração. Ao mesmo tempo em que a igreja queniana precisa continuar.

Pedidos de Oração

  • Clame ao Senhor por uma restauração completa não somente na vida de Frederick, mas de todos os sobreviventes do atentado e parentes das vítimas. Que o Espirito Santo nos encha.
  • A Universidade foi reaberta em janeiro de 2016. Entregue ao Senhor todos os estudantes, professores e funcionários. Que venha de Deus a confiança e segurança que eles precisam.
  • Interceda por uma igreja queniana forte e curada. Que nossos irmãos saibam responder biblicamente a perseguição e confiem nos propósitos e controle do Senhor. 


Baixar em PDF